terça-feira, 25 de janeiro de 2011

O comerciante de maçãs


Havia um comerciante de maçãs, muito importante, este homem possuía muitos servos que cuidavam de seus bens. Certo dia, um de seus servos, estava cuidando de suas maçãs, quando percebeu que uma delas estava com uma aparência diferente das outras, angustiando e sem saber o que fazer, andava de um lado para o outro, mil coisas vinham a sua mente,  imaginou se deixasse a maçã no mesmo lugar, não teria que se preocupar com ela novamente.  Mas logo se veio à mente, se deixasse onde estava à maçã poderia apodrecer ainda mais, e conseqüentemente afetaria todas as outras que estava ao seu redor. 

Ele sabia que teria que tomar alguma atitude, o fato de não saber como administrar aquela situação o incomodava de uma forma, e sem pensar duas vezes a jogou fora, de certa forma, aliviado, pois o seu senhor não iria notar sua falta, afinal existem tantas outras que poderiam substituí-la (pensou).

Passaram se algumas horas, como de costume, o comerciante visitava seus servos com freqüência, chegando ao caminho que iria dar na casa do servo, pode ver uma de suas maçãs jogada ao chão. Inclinou-se para apanhar a maçã quando o servo chegou ofegante, e logo foi falando: Meu senhor, essa maçã esta com uma aparência um pouco diferente das outras, e com o tempo iria apodrecer totalmente contaminando as outras que estavam ao seu redor, então a joguei fora, pois o senhor tem todas essas outras que estão saudáveis.


O comerciante, amoroso como sempre, começou a explicar ao seu servo.
- Cada uma dessas maçãs, tem um valor inestimável para mim, e se por diversas razões uma se estragar, podemos aproveitá-la de diversas formas. Retirando a parte que não agrada já a parte que estiver pura, podemos fazer sucos, tortas, doces. Mesmo se toda ela estiver estragada, podemos retirar sua semente, plantá-la, regala, para que ela possa nascer novamente, crescer e dar bons frutos.

 
Esse comerciante é o Senhor Jesus,  que nos ama incondicionalmente, que pagou um alto preço na cruz, para que nós pudéssemos viver em comunhão com ele, e mesmo se no decorrer da nossa vida a lagarta do pecador vier nos atingir, podemos descansar pois mesmos que  pessoas nos rejeitem, o Senhor nunca nos deixa sozinhos, e não nos deixa caídos, feridos, mas eles nos coloca de pé e se necessário nos faz denodo para que possamos viver a vida que ele mesmo sonhou pra nós.


Ele nos ama e nunca vai nos deixar.
Aleluia!


 

Um comentário:

  1. Glória a Deus!!
    Good test!!
    Really, very good!!

    Carlos Jr.

    ResponderExcluir