sexta-feira, 5 de março de 2010

A couraça

Escrevi essas palavras com a intenção de expressar o que eu passei, por momento nenhum quero expor ninguém, apenas minhas experiências. Tenho como objetivo ajudar pessoas que talvez estejam passando o que passei, e possam encontrar no Senhor forças para prosseguir.

“[...] revestindo-nos da couraça da fé e do amor [...]” (1Ts 5.8.)


Em efésios 6:10-18, o Senhor nos adverte a nos revestis mos da armadura de Deus, e  quero nesse momento falar de uma parte muito importante a couraça.  A couraça é a parte da armadura que protege o peito, devemos proteger o nosso coração, evitar exposições que possam nos machucar.


Algum tempo atrás, conheci um rapaz, foi tão engraçado a forma que nos conhecemos, parecia cena de novela, um amor a primeira vista. Fomos nos conhecendo melhor no inicio não tínhamos muito contato, mas no decorrer do tempo por simples obra do acaso ou até mesmo obra do destino, passamos a trabalhar juntos e a te a estudar juntos, nosso ciclo de amizade era o mesmo, tudo era um mar de rosas, o homem perfeito pra mim, tudo que eu precisava.


Todo eram flores, mas toda flor tem espinhos. Tivemos nossa crise na primeira semana de relacionamento. Deus sempre fala conosco devemos esta sensíveis a voz do Senhor, quando conversamos a primeira vez ele me uma pergunta que sempre ecoava em minha mente, “ você tem certeza que quer continuar?” isso mexeu de uma forma, naquele momento pude ouvir a voz do Senhor me dizendo para não continuar, mas pensei: uma semana é pouco tempo pra conhecer uma pessoas, não custa nada tentar.


Todo relacionamento tem os seus autos e baixos e o meu não seria diferente, tivemos momentos feliz, momentos que valeram uma vida, e tivemos momentos desagradáveis, nosso relacionamento foi marcado por mentiras e deslealdade. Apesar de tudo, o “amor” suporta tudo, e nos faz enxergar o lado bom das coisas, mesmo que eles não existam.


Nosso relacionamento chegou ao fim, e por um momento cheguei a pensar que minha vida teria ido junto com ele, passei a não viver mais pra mim, tudo que eu fazia era pra agradar a ele, quando ele me chamava eu saia correndo, sem me importar com ninguém, a única pessoa que importava era ele, pensava nele vinte e quatro horas. Todos me alertavam mas eu estava cega, ele me humilhou de todas as formas possíveis, assistir de camarote ele se apaixonar por minhas amigas, beijar minhas colegas de trabalho, apesar de tudo isso ele sempre me tinha na palma da sua mãe sempre a hora que queria eu esta lá pronta pra ajudar. Meses foram passando cada dia mais isso me consumia, passei a dormir no maximo quatro horas por dia, passei a não me alimentar direito, quando decidia deixar ele e seguir minha vida, ele sempre vinha dizendo que me amava, era tudo mentira ele só queria me ver ao seu lado rastejando e implorando por um amor que só existia em meu coração.


Desesperada, angustiada, sem saber o que fazer, Deus colocou em minha vida uma pessoa que me ensinou a ter intimidade com Deus, passei minhas tardes de sábado trancada em meu quarto chorando e clamando ao Senhor que arrancasse aquele sentimento que estava acabando com minha vida, muitas vezes me senti abandonada, jogada no fundo do poço, sem forças pra viver, eu estava morta por dentro. Nas minhas tardes de sábado, ouve um momento que pensei que não ia suportar, estava falando com o Senhor pedindo sua força, pedindo seu consolo e foi quando senti o Senhor tão presente em minha vidas, pude sentir seus braços de amor me envolvendo, ele me abraçou com força, naquele momento desabei, chorei, foi como se o Senhor estivesse lavando minha alma, senti a paz do Senhor me invadindo , era como se o Senhor tivesse arrancado um espinho da minha pele, posso dizer que ainda continuava doendo mas não como antes pois todo o meu corpo pulsava para expelir o espinhos, quando o Senhor retirou veio o alivio, e a dor que permanecia era da pele machucada.


Como um pai cuida do ferimento de um filho, Deus cuidou de mim, sarou minhas feridas, e hoje posso louvar o Senhor, porque antes conhecia o Senhor de ouvir falar, mais hoje o conheço de verdade, conheço sua voz, seu carinho, seu amor, pude sentir seu abraço e ser sua amiga. Sei que muito mais virá pois aquele que começou a boa obra em minha vida não terminou e um dia o verei face a face.


Amados, espere no Senhor, não se renda as paixões da mocidade, o Senhor sempre tem o melhor pra nós, espere e confie no Senhor e Ele suprirá os desejos do nosso coração.


Que o Senhor abençoe a todos!



Dependo de ti

Casa de Davi

Quero ser como Jesus
Andar na Sua luz
No meu falar, meu viver
No meu caminhar
Fazer a vontade do meu pai
Ouvir a Sua voz
E sempre obedecer em tudo como filho

Eu quero Teu amor, Jesus
Preciso depender de Ti
E faz o Teu poder
Fluir através de mim

Eu dependo de Ti
Eu dependo de Ti
Eu dependo de Ti
Do Teu amor

Como criança em Teus braços
Como criança em Teu colo
Como criança em Teus braços
Eu dependo de Ti

Pai, Papai, Papai, Eu dependo de Ti

Um comentário:

  1. minha lindaaaaa
    te add me seguem tbm..
    o seu blog ta lindooooo
    bjus....

    ResponderExcluir